Boa gestão logística é indispensável para reduzir custos no e-commerce

Entender de tributação e cadeia logística promove saving e mitiga riscos

Boa gestão logística é indispensável para reduzir custos no e-commerce

Engana-se quem pensa que a logística não é um tema de relevância para negócios digitais. A distribuição e comunicação do seu produto precisa ser pensada etapa por etapa, a fim de otimizar custos e assegurar a entrega ao cliente. 

Vamos entender um pouco mais sobre como uma boa operação logística impacta os custos do seu e-commerce? Quem vai nos ajudar nessa missão é Carina Oliveira, diretora comercial da Enivix by Platinum Logs. Camila tem ampla experiência no desenvolvimento de mais de 286 projetos de fulfillment de médio e grande porte no mercado de e-commerce e de produtores. Possui especialização nas áreas de vendas e marketing e liderou equipes em mais de 200 contas.

Sabemos que a logística sempre foi vista como custo, mas hoje isso mudou. Ela gera economia, promove saving e amplia a margem de lucro, afinal, é preciso pensar no armazenamento, mão de obra, expedição, transporte, frete e tecnologias envolvidas no seu negócio. Por isso, a terceirização do serviço agrega mais segurança e valor devido à expertise da empresa no fluxo logístico. 

Principais benefícios da terceirização

  • Profissionais capacitados para lidar com diferentes cadeias do processo logístico; 
  • Tecnologia que ajuda a economizar com investimento em plataformas integradas;
  • Sistema integrado, inclusive, ao consumidor final, para transparência, rastreio e confiança no processo, que ajudam na recompra.

Os 4 pilares da logística

  • Arquitetura fiscal e estratégia logística;
  • Estrutura e time capacitado;
  • Unidades locais;
  • Tecnologia e automação.

O Brasil é grande!

O Brasil é amplo e diverso e fazer gestão logística por aqui requer muito estudo, conhecimento e trabalho. Segundo a especialista, hoje 35% do volume de transações fica em São Paulo, mas é preciso de estrutura para os outros 65% do país, por isso, é importante ter as demais regiões cobertas e atendidas por unidades logísticas.

Todo cuidado é pouco

“Não adianta vender muito se não tem gestão de estoque e entrega. Essa falha pode gerar um impacto negativo a ponto de comprometer a marca”, explica Carina. 

A gestão de frete também é um fator importante no processo. As boas práticas devem prevalecer acima do custo, uma vez que empresas que não se comprometem tendem a entregar os produtos com avarias, atrasos, entre outros. 

Tributação, você precisa entender disso!

Daniel Terrazzan, advogado, conta um pouco sobre ICMS e tributação na logística. Segundo ele, todos os empreendedores precisam entender a arquitetura fiscal e a aplicação dos benefícios propostos para quem está fora do Simples Nacional.

“Cada estado estabelece sua alíquota de ICMS, e há estados com benefícios fiscais muito bons. É preciso entender essas diferenças e, principalmente, a regra do Difal, que passou a vigorar este ano”.

O que é o Difal?

Difal é a diferença de alíquota do ICMS que visa tornar essa arrecadação mais justa entre os estados. O principal motivador da mudança do Difal foi o aumento das compras via internet, que antes geravam arrecadação apenas para o estado de origem do produto ou mercadoria. A partir de 2015, começou a haver a partilha dessa alíquota, contribuindo para uma divisão tributária mais coerente entre o estado de origem e o de destino.

Você conhece os estados com benefícios fiscais?

Atualmente, três estados brasileiros possuem regimes especiais de benefícios: Santa Catarina, Espírito Santo e Minas Gerais, sendo os dois últimos os que possuem os melhores benefícios para e-commerce. 

Leia também: Esteira: lojas virtuais integradas às redes de afiliados a lucrar

Para que esse fluxo funcione bem, os palestrantes lembram que a infraestrutura local nesses e em outros estados é essencial para o melhor aproveitamento e redução de custos, por isso, a terceirização é indicada para empresas que estão crescendo e se consolidando no mercado digital. 

“Terceirizar a gestão pode assustar, mas é a melhor saída para evitar danos e ter uma melhor sustentabilidade dos recursos da empresa”, destaca Carina.